Publicado em 19/09/2017 - 13:26 e atualizado em

Acidente com o trem Barrinha completa 21 anos




Japeri amanheceu nesta segunda, dia 18, com uma lembrança triste para o município de Japeri. Há 21 anos atrás, às 8h15 um trem cargueiro vindo de Barra do Piraí colidia com um trem de passageiros que vinha da mesma cidade.

O resultado da tragédia foi 15 mortos e 60 feridos que culminou no fim da linha de trem que ligava Barra do Piraí a Japeri.

Relendo o jornal O Globo da época ainda é possível se emocionar com os relatos da reportagem sobre às vítimas e principalmente com a do maquinista que tentara avisar ao posto 62 – responsável pela região – sobre a chegada do cargueiro estava  desgovernado.

Segundo a reportagem da época, o motivo do grave acidente foi a falta de manutenção da locomotiva que deveria durar pelo menos 1 dia e durou apenas 10 minutos. Outro fator predominante para o acidente foi a falta se peças, já que peças usadas eram reutilizadas sem nenhuma fiscalização.

Não há informações sobre punições aos responsáveis.

População sem opções de transporte

Desde o fatídico acidente, a população de Barra do Piraí ficou sem opção barata para chegar ao Rio. Na época, o valor da passagem de trem era R$2,20 e o ônibus que ligava as duas cidades custava R$ 7. Hoje o valor da passagem de Barra do Piraí a Paracambi custa cerca de R$ 13, o que encarece a vida do trabalhador.

Uma luz no fim do túnel

A Alerj tem uma comissão presidida pelo deputado André Ceciliano que busca o retorno da linha.

O trecho de pouco mais de 46 km de extensão, passava por municípios importantes, como Mendes e Engenheiro Paulo de Frontin e o serviço também ajudava ao comércio local, pois era utilizado para o transporte de mercadorias pela população .

 

 

Fotos: www.estacoesferroviarias.com.br e Acervo O Globo

Fundador e Editor do Site Japeri Online




Últimas Notícias